Colesterol bom x ruim: como equilibrar?

Colesterol bom, colesterol ruim... Afinal, como equilibrar esta questão? O Dia Nacional de Combate ao Colesterol, todo ano, no dia 8 de agosto, tenta aquecer esta discussão para incentivar as pessoas a cuidarem mais da saúde. Afinal, este é um dos principais fatores de risco ligados às doenças que mais matam no mundo, as cardiovasculares. São em torno de 300 mil mortes por ano. 


Entenda melhor a diferença


Antes de tudo, o que é colesterol? É uma substância gordurosa encontrada naturalmente em todos os organismos vertebrados. Ele é um tipo de gordura produzida no fígado que está presente em todas as células do corpo e exerce importantes funções no organismo. Sendo uma espécie de "gordura do sangue" e, considerando que gorduras não se misturam com líquidos, o colesterol é insolúvel no sangue. Por isso, o colesterol precisa da "carona" de certas proteínas para cumprir as suas funções. A associação entre proteínas e colesterol dá origem às chamadas lipoproteínas. 
 O colesterol ruim, conhecido como LDL (Low Density Lipoprotein ou Lipoproteína de baixa-densidade), é uma das principais fontes de gordura no sangue, ele provoca a formação de placas que fazem o enrijecimento e o entupimento das artérias. Isso por que o LDL carrega o colesterol do fígado para seus tecidos do corpo. O risco de entupimento das artérias aumenta quando a taxa desse tipo de colesterol é alta. As consequências são as chamadas doenças cardiovasculares: Acidente Vascular Cerebral (AVC), pressão alta, derrame e infarto, além de insuficiência renal e angina. 


Já o colesterol bom, HDL ou (High Density Lipoprotein ou Lipoproteína de alta-densidade), tem missão inversa: ele retira o mau colesterol do organismo e o leva para o fígado para ser metabolizado e eliminado do organismo.
Assim, existem vários tipos de colesterol circulando no sangue. O total da soma de todos eles chama-se "Colesterol Total". Ele é tão importante para o funcionamento do organismo por que ajuda na produção de vitamina D, de hormônios sexuais, do cortisol (hormônio do metabolismo de proteínas), e é importante no processo de regeneração celular. Ele também pode ser encontrado em alimentos de origem animal como nas carnes vermelhas e em ovos, por exemplo. Então, equilíbrio é a palavra-chave para manter a saúde. 


Como os dois são produzidos no organismo?


O LDL se acumula com excesso de ingestão de gordura saturada, presente em alimentos de origem animal, como bacon e presunto, está nas frituras em geral, margarina etc. Também pesam no aumento das taxas de colesterol ruim: condições hereditárias tais como Hiperlipidemia Familiar (condição onde as gorduras do sangue estão em níveis alterados), fumo, idade, diabetes. Mas, além das tendências genéticas ou hereditárias podem contribuir para o aumento do colesterol a obesidade e a atividade física reduzida (sedentarismo). Porém, o fator de risco mais comuns é a dieta (ou dieta ruim).

Já as gorduras chamadas insaturadas são essenciais ao organismo, mas o corpo humano não tem condição de produzi-las, é necessário consumi-las na alimentação. Elas estão presentes, principalmente, em alimentos de origem vegetal. Como é muito difícil cortar totalmente itens como este do seu cardápio, então a solução é balancear a sua dieta, incorporando a ela frutas, legumes e verduras e alimentos integrais.

Como Chegar Marker

Urgência, emergência,
atendimento ambulatorial e visitas a unidades fechadas (utis)

Rua Vicente Beghelli, 315

pacientes internados, visitantes e acompanhantes

Avenida Presidente Itamar Franco
(antiga Av. Independência), 4000

fornecedores e entregas

Rua Antônio Marinho Saraiva, s/n

Heliponto

Latitude: 21º 46' 862" Sul
Longitude: 043º 21' 887" Oeste

Copyright © 2004 Hospital Monte Sinai. Todos os direitos reservados. Endereço: Av. Presidente Itamar Franco 4000, Cascatinha - Juiz de Fora/ MG CEP: 36033-318 / Telefone: (32) 2104-4455 / (32) 2104-4000

Quality Safaty - Hospital Monte Sinai
Desenvolvido por: Logohandcom2