Na Semana Mundial de Aleitamento Materno, Hospital Monte Sinai reforça importância de incentivar a doação de leite humano

Algumas mulheres quando estão amamentando produzem um volume de leite além da necessidade de seu filho (a). Por outro lado, há a demanda de bebês prematuros ou que estejam internados em unidades de tratamento intensivo neonatal (UTI Neonatal).

O leite materno é importante para todos os bebês, principalmente para os que estão internados e não podem ser amamentados pela própria mãe. Através da doação eles têm chance de receber os benefícios do leite materno e, com isso, a criança se desenvolve com saúde, tem mais chances de recuperação e fica protegida de infecções, diarreias e alergias.

Fatores que reforçam a importância da atuação dos serviços oferecidos pelos Bancos de Leite Humano. Em Juiz de Fora, a unidade fica na Rua São Sebastião nº 772, terceiro andar, no Centro da cidade. A coordenadora do banco, Bernadete Monteiro, explica como funciona o serviço de atendimento às mães que acabaram de ter o bebê e tem interesse em tornar-se uma doadora. "Toda mulher que amamenta é uma possível doadora de leite humano. Para doar, basta ser saudável e não tomar nenhum medicamento que interfira na amamentação. A partir do momento que a mamãe entra em contato conosco, fazemos o cadastramento com documentos necessários (xerox do cartão de gestante e exames obrigatórios) e iniciamos o trabalho de orientação".

Após a anamnese cuidadosa das doadoras, a equipe acompanha o processo de aleitamento e dão orientações sobre a doação. "É entregue também um kit que contém folder explicativo, touca, máscara, além do fornecimento dos frascos esterilizados. As mães que já sabem como retirar o leite das mamas podem fazer de casa mesmo. As que ainda têm dúvidas ou dificuldades recebem nossas instruções até conseguir realizar com segurança. A equipe do Banco de Leite Humano faz a coleta nas casas uma vez por semana e já leva novos frascos para as mamães doadoras".

Já quem necessita da doação de leite materno, geralmente o contato é feito através do próprio hospital onde o bebê está internado, com pedido do médico. "O estoque prioriza os casos mais graves e atende não só a cidade de Juiz de Fora, como diversas outras na região como Barbacena, Barroso, São João Del Rei, São João Nepomuceno, entre outras", ressalta Bernadete.

O serviço também realiza várias ações de orientação à mulher em incentivo ao aleitamento materno, auxílio nas intercorrências mamárias durante o período de lactação (mastite, bico invertido etc), campanhas de amamentação e palestras. Entre em contato com o Banco de Leite Humano de Juiz de Fora no telefone (32)3690-7436 e (32)3690-8265. O serviço funciona de segunda à sexta feira de 08h às 12h e de 14h às 17h.

E lembre-se: quem doa leite materno, doa vida para um bebê e força para a mãe!

Como Chegar Marker

Urgência, emergência,
atendimento ambulatorial e visitas a unidades fechadas (utis)

Rua Vicente Beghelli, 315

pacientes internados, visitantes e acompanhantes

Avenida Presidente Itamar Franco
(antiga Av. Independência), 4000

fornecedores e entregas

Rua Antônio Marinho Saraiva, s/n

Heliponto

Latitude: 21º 46' 862" Sul
Longitude: 043º 21' 887" Oeste

Copyright © 2004 Hospital Monte Sinai. Todos os direitos reservados. Endereço: Av. Presidente Itamar Franco 4000, Cascatinha - Juiz de Fora/ MG CEP: 36033-318 / Telefone: (32) 2104-4455 / (32) 2104-4000

Quality Safaty - Hospital Monte Sinai
Desenvolvido por: Logohandcom2