Dia da Cardiopatia Congênita alerta sobre Teste do Coraçãozinho

O dia 12 de junho foi a data escolhida em todo o país como alerta para conscientização da Cardiopatia Congênita. Marcado no calendário oficial do Município, em Juiz de Fora o diagnóstico precoce da doença recebeu, em 2012, amparo legal (Lei nº 12.664) garantindo a todo recém-nascido em maternidades públicas ou privadas da cidade a realização do Teste do Coraçãozinho (ou oximetria de pulso).

O termo Cardiopatia Congênita é genérico e é utilizado para descrever anormalidades do coração e dos grandes vasos, detectados após o nascimento. Sendo assim considerada qualquer anormalidade na estrutura ou função do coração que surge nas primeiras oito semanas de gestação quando o coração do bebê está sendo formado. E isso acontece por uma alteração no desenvolvimento embrionário da estrutura cardíaca, mesmo que descoberto no nascimento ou anos mais tarde. É a terceira causa de óbito entre recém-nascidos e acontece com mais frequência do que se imagina: uma em cada 100 crianças.

O teste do coraçãozinho é simples, indolor e não invasivo. Ele visa monitorar o nível de oxigênio no sangue do bebê e deve ser realizado até as primeiras 48h de vida do bebê. O Teste consiste na colocação do oxímetro de pulso na mão direita e num dos pés do bebê para que seja feita a leitura da saturação de oxigênio no sangue. Se forem constatados níveis inferiores a 95%, isso pode indicar a possibilidade de uma cardiopatia congênita, devendo o bebê passar por outras avaliações. No Monte Sinai, o exame passou a ser rotina antes mesmo do início do prazo legal e, além de estar preparada para os exames complementares, se necessário, a equipe de Cardiologia Infantil inicia o tratamento antes mesmo da alta da criança.

Também é importante que todos os pais conheçam os principais sintomas de cardiopatias congênitas:

Em bebês

 

  • Pontas dos dedos ou lábios roxos;
  • Transpiração excessiva e cansaço durante as mamadas;
  • Respiração acelerada enquanto descansa;
  • Pouco apetite associado a baixo ganho de peso;
  • Irritação frequente, sem consolo.

Em crianças

 

  • Cansaço em atividades físicas e dificuldade em acompanhar o ritmo dos amigos;
  • Não cresce e não ganha peso de forma adequada;
  • Infecções respiratórias com frequência;
  • Lábios roxos e a pele mais pálida quando brinca muito;
  • Coração com ritmo acelerado (taquicardia).

 

 

Como Chegar Marker

Urgência, emergência,
atendimento ambulatorial e visitas a unidades fechadas (utis)

Rua Vicente Beghelli, 315

pacientes internados, visitantes e acompanhantes

Avenida Presidente Itamar Franco
(antiga Av. Independência), 4000

fornecedores e entregas

Rua Antônio Marinho Saraiva, s/n

Heliponto

Latitude: 21º 46' 862" Sul
Longitude: 043º 21' 887" Oeste

Copyright © 2004 Hospital Monte Sinai. Todos os direitos reservados. Endereço: Av. Presidente Itamar Franco 4000, Cascatinha - Juiz de Fora/ MG CEP: 36033-318 / Telefone: (32) 2104-4455 / (32) 2104-4000

Quality Safaty - Hospital Monte Sinai
Desenvolvido por: Logohandcom2