Funcionários participam de resgate de vítimas em acidente próximo ao Hospital

No grave acidente ocorrido dia 16 de julho, nas imediações do Hospital Monte Sinai, os funcionários não se limitaram a presenciar ou ser acionados na assistência aos feridos. Participaram ativamente do resgate das vítimas, tanto do ônibus quanto dos demais veículos envolvidos.

Cerca de 35 pessoas ficaram feridas, depois que um caminhão com produtos de limpeza perdeu os freios, descendo sem controle a Avenida Presidente Itamar Franco, pouco depois de passar pelo pórtico da UFJF. Era perto de meio-dia e o primeiro veículo atingido pelo caminhão foi um ônibus urbano, da Viação Tusmil, cujo motorista também perdeu o controle da direção do coletivo sendo este atirado contra um poste. O caminhão atravessou o canteiro central da pista, batendo de frente contra um carro de passeio e depois contra outro caminhão baú, que subiam a avenida, só parando ao bater na lateral do prédio do Independência Shopping, próximo à porta de entrada.

No impacto do ônibus contra o poste, outros caíram e arrancaram a fiação, ficando toda a região com o fornecimento de energia comprometido. O Monte Sinai foi afetado, mas seu funcionamento foi mantido por meio de geradores. O setor de imagem, de um dos parceiros do Hospital, no entanto, não funcionou até o final da tarde.

Diante da gravidade do acidente e do número de vítimas, toda a equipe da Emergência do Hospital se mobilizou imediatamente para o atendimento. Foram acionados também o código de alerta da equipe de brigadistas e o processo padrão de contingência para acidentes de grandes proporções - estabelecido pelo Comitê de Proteção à Vida do Monte Sinai. Todos os profissionais de assistência das unidades fechadas, setores de apoio e unidades de internação disponíveis, com treinamento para socorro, apoiaram o atendimento feito pelo SAMU e Corpo de Bombeiros, ajudando no resgate com macas, cadeiras de roda e pranchas. Médicos e enfermeiros do Centro Médico Monte Sinai também se voluntariaram para o socorro, reforçando equipes no resgate, no Centro Cirúrgico, UTIs e na Emergência do Hospital. 

No total, 30 feridos receberam o primeiro atendimento na unidade de Emergência do Monte Sinai. Os que estavam bem, mas precisavam de radiografias ou outro suporte de imagem para diagnóstico foram deslocados de imediato para o Hospital de Pronto Socorro (HPS) por unidades do SAMU. Uma menina de seis anos foi internada na UTI Pediátrica e a motorista do carro atingido passou por cirurgia. O caso mais grave foi de uma adolescente de 16 anos, que foi estabilizada na UTI até poder ser removida para o Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus (HMTJ) para exames de tomografia, já que a estrutura ficou sem energia até o final do dia. Mas a maioria das vítimas precisou de cuidados mais básicos, sendo liberadas, após terem sido medicadas no Monte Sinai.

Menos de uma semana depois do acidente, todas as vítimas já receberam alta, inclusive outras direcionadas ao HMTJ. As que foram encaminhadas ao HPS não chegaram a ficar internadas. A ação dos profissionais do Hospital Monte Sinai foi elogiada por muitas pessoas que assistiram ao resgate e ganhou enorme repercussão na imprensa local e estadual, sendo considerado "um verdadeiro milagre" o fato de não ter terminado com vítimas fatais, dada sua gravidade. Nas redes sociais, a repercussão positiva foi ainda maior. Só na fanpage oficial do Hospital, a postagem alcançou cerca de 13 mil pessoas em uma semana.

A rápida atuação reforçou a importância do trabalho da Brigada de Incêndio, promovido pelo SESMT na instituição, cujas diretrizes para atuação no entorno foram revistas recentemente. A equipe de brigadistas passa por treinamentos frequentemente, mas a ação de todos os mais de 60 profissionais envolvidos mostrou o comprometimento tanto da assistência, quanto dos demais setores de apoio. E, para o Monte Sinai, ficou a certeza da importância de estar preparado para este tipo de ação, dos procedimentos padronizados, da prevenção, da organização e treinamento. As equipes já iniciaram o levantamento dos procedimentos realizados durante sua atuação neste episódio, visando melhorar ainda mais suas práticas.

Como Chegar Marker

Urgência, emergência,
atendimento ambulatorial e visitas a unidades fechadas (utis)

Rua Vicente Beghelli, 315

pacientes internados, visitantes e acompanhantes

Avenida Presidente Itamar Franco
(antiga Av. Independência), 4000

fornecedores e entregas

Rua Antônio Marinho Saraiva, s/n

Heliponto

Latitude: 21º 46' 862" Sul
Longitude: 043º 21' 887" Oeste

Copyright © 2004 Hospital Monte Sinai. Todos os direitos reservados. Endereço: Av. Presidente Itamar Franco 4000, Cascatinha - Juiz de Fora/ MG CEP: 36033-318 / Telefone: (32) 2104-4455 / (32) 2104-4000

Quality Safaty - Hospital Monte Sinai
Desenvolvido por: Logohandcom2