Moderna técnica de tratamento preserva útero e fertilidade

Cerca de 80% das mulheres estão sujeitas a desenvolver miomas ao longo da vida. Antes, a única forma de tratamento dos nódulos era a histerectomia ou retirada total do útero, o que determinava o fim do sonho da mulher de ter filhos. Mas, hoje, Juiz de Fora já dispõe da técnica de embolização, uma das mais modernas no apoio à área ginecológica para tratamento de miomas. O procedimento é realizado no Hospital Monte Sinai por um médico especializado, o radiologista intervencionista, e permite tratar os miomas sem a necessidade de deixar a mulher estéril.

Não há indícios concretos que indiquem que os miomas causem infertilidade feminina, mas esta é uma das pesquisas realizadas quando os casais procuram o Serviço de Reprodução Humana (Medicina Reprodutiva) do Monte Sinai para o tratamento do problema. A relação direta entre infertilidade e mioma só ocorre se o tumor estiver obstruindo as trompas ou for submucoso (localizado dentro da cavidade uterina). Os miomas que necessitam de tratamento são aqueles em que a mulher tem sintomas, como aumento da menstruação, dores na região pélvica e, em alguns casos, aumento no volume da barriga e compressão de outros órgãos. O tratamento varia de acordo com o tamanho, a localização e a quantidade de nódulos, e para o ginecologista indicar a intervenção mais adequada é fundamental considerar a idade da paciente e se ela ainda pretende ter filhos. Na grande maioria dos casos, não é necessária a retirada do útero, podendo ser feita a embolização.

O procedimento é coberto por alguns planos de saúde e já é realizado no Serviço de Hemodinâmica do Hospital Monte Sinai há dois anos, um dos poucos centros do país a disponibilizar especialista em Radiologia Intervencionista. A embolização é a obstrução proposital do fluxo sanguíneo que alimenta o mioma. Um microcateter é introduzido na artéria femoral por uma incisão de cerca de dois milímetros na virilha e guiado pelo médico às artérias do útero e até o mioma. Ao atingi-lo, são injetadas minúsculas partículas que obstruem a passagem do sangue que ?alimenta? o nódulo. Sem sangue, ele tem seu tamanho reduzido em até 60% em cerca de três meses, permitindo tratar as causas e sintomas da doença. O índice de resultados positivos é de 9 em cada 10 pacientes submetidos à embolização.

Uma das grandes vantagens deste tipo de intervenção é o fato de ser minimamente invasiva, sem cortes. A anestesia é local e a recuperação da paciente é muito mais rápida e segura do que na cirurgia convencional. A internação é de apenas 24 horas, necessária para a administração de analgésicos, e em poucos dias, a mulher pode retomar suas atividades normais.Outro diferencial é que o índice de recidiva é menor na embolização do que na miomectomia (retirada cirúrgica dos miomas). A técnica também é mais indicada para pacientes com risco cirúrgico muito alto. A contra-indicação é para pacientes com miomas pediculados (ligados ao útero por uma parte mais estreita).

Curso de Psicologia Hospitalar e 3º Simpósio de Enfermagem: inscrições abertas

Estão abertas as inscrições para o curso de Psicologia Hospitalar do Hospital Monte Sinai. Com duração de quatro meses, as aulas começam no dia 13 de março e serão oferecidas quinzenalmente aos sábados, das 9h ao meio-dia. Voltado para estudantes e interessados na área de saúde, entre os temas abordados estarão o mercado de trabalho, a relação médico-paciente, psicossomática, obesidade, transtornos alimentares, envelhecimento e subjetividade, UTIs, dor, reprodução assistida, transplantes, Nefrologia, câncer, Aids e ainda haverá uma semana da visita técnica ao Hospital. As inscrições podem ser feitas no Centro de Estudos, pelo telefone 3239-4445 ou pelo e-mail centrodeestudos@hospitalmontesinai.com.br. O valor da mensalidade é R$ 90.

Já o 3º Simpósio de Enfermagem do Hospital Monte Sinai, começa no dia 27 de abril. Ele tem duração de três dias com a quinta-feira, 29, dedicada a Técnicas de Enfermagem para o público de profissionais da área. Os técnicos de enfermagem terão módulos com abordagem teórico-práticas em temas para melhorar atendimento a paciente sob ventilação mecânica, em parada cardiorrespiratória, dentre outras técnicas. Os dois primeiros dias, nos dias 27 e 28, são de palestras e focam humanização, enfermagem baseada em evidências e muitos outros assuntos. As inscrições podem ser feitas no Centro de Estudos do Monte Sinai. Informações pelo telefone (32)3239-4445.

Como Chegar Marker

Urgência, emergência,
atendimento ambulatorial e visitas a unidades fechadas (utis)

Rua Vicente Beghelli, 315

pacientes internados, visitantes e acompanhantes

Avenida Presidente Itamar Franco
(antiga Av. Independência), 4000

fornecedores e entregas

Rua Antônio Marinho Saraiva, s/n

Heliponto

Latitude: 21º 46' 862" Sul
Longitude: 043º 21' 887" Oeste

Copyright © 2004 Hospital Monte Sinai. Todos os direitos reservados. Endereço: Av. Presidente Itamar Franco 4000, Cascatinha - Juiz de Fora/ MG CEP: 36033-318 / Telefone: (32) 2104-4455 / (32) 2104-4000

Quality Safaty - Hospital Monte Sinai
Desenvolvido por: Logohandcom2