Monte Sinai apoia evento de prevenção ao câncer de intestino

Um intestino gigante inflável será montado na Praça Cívica da UFJF, entre os dias 7 e 9 de agosto, de 9h às 17h. O modelo é o destaque de uma campanha de prevenção ao câncer de intestino - iniciativa do médico proctologista João Fraga -, que conta com o apoio das sociedades de Endoscopia Digestiva, Gastroenterologia e Proctologia. Entre os eventos também está previsto um simpósio sobre o tema para profissionais da saúde, no mesmo final de semana, além de um mutirão de colonoscopias, que serão realizadas também em agosto, no HU/UFJF.

O intestino gigante é um material educativo produzido pela Associação Brasileira de Prevenção do Câncer de Intestino, a ABRAPRECI, parceria da campanha na cidade. No interior do modelo, com 18 metros de extensão, estão representadas patologias como hemorróidas, doença inflamatória, pólipos, divertículos e câncer. Com visitas guiadas por monitores e com um médico à disposição para tirar dúvidas, grupos pequenos farão o percurso em que vídeos e material informativo descrevem as origens do câncer, quais fatores de riscos, exames preventivos e outras informações. A ação de conscientização é importante porque, "se há um câncer cuja prevenção deve ser enfatizada, este é o câncer de intestino", justificam os profissionais ligados à ABRAPRECI.

João Fraga explica que as pessoas que passarem pela visita também vão responder a um questionário sobre risco de câncer colorretal. Estas informações vão compor um trabalho que será apresentado pelo grupo que participa da iniciativa. Os pesquisados que tiverem sinais indicativos para exame serão encaminhados a fazer a prevenção na rede pública ou privada.

O foco da ação é o público leigo e o protcologista esclarece que não há restrição de faixa etária ou grupos de risco. "Vamos incentivar inclusive excursões de escola, pois apesar da criança não ter indicação de exame, de forma geral, ela age como multiplicador, transmitindo as informação aos pais". Ele ressalta que é importante que o máximo da população seja atingida, para se conscientizar e mudar uma realidade atual. "Exames de próstata, mama e preventivo ginecológico já estão afixados à cultura de prevenção, mas a maioria das pessoas não sabe que existe uma rotina de prevenção do câncer de intestino, que é altamente prevenível. Quando descoberto em fases iniciais, as chances de cura giram em torno de 100% e quando está numa fase pré-maligno - quando se detecta os pólipos através de colonoscopia - a chance é de 100%, podendo, ainda, evitar uma cirurgia, quimio e radioterapia", completa.

Simpósio de Endoscopia

Paralelamente à exposição, acontece o 1º Simpósio de Endoscopia Digestiva de Juiz de Fora, que será realizado nos dias 7 e 8, na Faculdade de Medicina da UFJF - no HU/CAS. O evento - uma iniciativa do médico Lincoln Ferreira, chefe do Serviço de Endoscopia Digestiva do HU - e também do serviço no Hospital Monte Sinai - é destinado a profissionais da saúde e vai discutir os principais temas ligados à prevenção do câncer colorretal (CCR), a qualidade da colonoscopia, técnicas de ressecção endoscópicas de lesões pré-malignas, dentre outros. Uma das presenças de destaque no encontro é o presidente da Comissão de Prevenção do Câncer Colorretal, Lix Alfredo Reis de Oliveira, de Campinas/SP, da SOBED.

As inscrições já estão abertas e custarão R$ 40,00. As informações estão disponíveis pelo telefone (32) 4009-5365, no HU.

Veja programação do Simpósio.

 

Mutirão de colonoscopia

Outra ação importante da campanha será a disponibilização de 60 exames de colonoscopia, a serem realizadas pelo Serviço de Endoscopia do HU. O médico João Fraga ressalta que a fila de espera do SUS para o exame em Juiz de Fora, atualmente, é de seis meses. O mutirão permitirá aliviar um pouco esta demanda reprimida, numa ação que envolve varias empresas que vão emprestar seus aparelhos, e diversos médicos que estarão doando seu tempo neste diagnóstico. Para terem acesso aos exames de colonoscopia - que tem um amplo espectro de indicações -, os parceiros da campanha estão selecionando pacientes ligados ao SUS com sinal de alarme. "Serão encaminhadas as pessoas com indicações precisas para fazer exame com suspeita de câncer de intestino. E para realizar a colonoscipia é preciso que os pacientes tenham o preparo pronto - risco cirúrgico e alguns exames laboratoriais - permitindo que a avaliação seja imediata". O mutirão será realizado entre os dias 10 e 12 de agosto, no HU.

O Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus (HMTJ) e o Hospital Universitário (HU/UFJF) estão se disponibilizando retaguarda para o mutirão. Pois além da colonoscopia - que apesar de ser um exame de rotina, tem riscos relacionados -, estes dois hospitais darão suporte cirúrgico para encaminhamentos, que vão exigir solução dos casos mais emergenciais. O mutirão tem sido realizado em diversas cidades brasileiras, sempre com apoio da Sobed (Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva).

O Hospital Monte Sinai é um dos patrocinadores do evento Intestino Gigante.

Como Chegar Marker

Urgência, emergência,
atendimento ambulatorial e visitas a unidades fechadas (utis)

Rua Vicente Beghelli, 315

pacientes internados, visitantes e acompanhantes

Avenida Presidente Itamar Franco
(antiga Av. Independência), 4000

fornecedores e entregas

Rua Antônio Marinho Saraiva, s/n

Heliponto

Latitude: 21º 46' 862" Sul
Longitude: 043º 21' 887" Oeste

Copyright © 2004 Hospital Monte Sinai. Todos os direitos reservados. Endereço: Av. Presidente Itamar Franco 4000, Cascatinha - Juiz de Fora/ MG CEP: 36033-318 / Telefone: (32) 2104-4455 / (32) 2104-4000

Quality Safaty - Hospital Monte Sinai
Desenvolvido por: Logohandcom2