Nicole, a "pet terapia" e os cuidados paliativos

  

Nicole é um exemplo do resultado positivo de cuidados paliativos

 A Nicole é um orgulho para a Comissão de Cuidados Paliativos do Hospital Monte Sinai. A equipe prepara a sua alta e contou todo o apoio da família para trabalhar a assistência da paciente com todos os recursos disponíveis, caso da quimioterapia paliativa, que vem apresentando os resultados que justificam a possibilidade de alta. Outra terapia estabelecida, para atender pedido da mãe, foi a visita da cachorrinha Lola. Foi visível o efeito positivo para a paciente.

A Pet Terapia ou Terapia Assistida por Animais (TAA) ou Assistência Auxiliada por Animais (AAA) é um tratamento auxiliar para diversos tipos de doenças já adotado nos melhores hospitais em todo o mundo. Ela, comprovadamente, é desencadeadora de “bem-estar, que reflete na saúde emocional, física, social e cognitiva dos pacientes. Como fez a Lola com sua visita à Nicole. Para sua entrada no Monte Sinai, ela recebeu cuidados da veterinária da família, passou por pet shop e contou com aval do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar do Hospital.

Nicole tem um tumor raro no cérebro, já passou por recidiva da doença após cirurgia e agora a patologia não encontra mais recursos na terapêutica convencional. Ela tem sequelas neurológicas permanentes, mas poderá ter alta com melhoras em várias funções motoras, ao contrário do quadro de sua última internação. “A assistência da equipe de Cuidados Paliativos foi muito importante, mas o que garantiu os resultados que oferecerão mais qualidade de vida à paciente não seria possível sem o apoio dos médicos que assistiram Nicole até aqui, e principalmente do suporte familiar”, destaca a médica líder da Comissão, Dra. Mariana Abad.  

De vitória em vitória - A equipe de cuidados paliativos do Hospital Monte Sinai conta com serviço multidisciplinar que, semanalmente, discute os casos de cada pacientes inseridos na Comissão. 
Para falar do Serviço de fonoaudiologia, temos a fonoaudióloga Liziane Coutinho (com formação em São Paulo e experiência no Hospital AC Camargo) agrega muitos valores importantes neste cuidado, como o prazer da nutrição via oral com segurança. 
"A paciente Nicole chegou ao nosso serviço com dificuldade de deglutição da própria saliva, após receber diariamente estímulos da fono da arquipélago paliativa,  hoje, ela se encontra com alimentação 100% por via oral pastosa, adaptada e segura", onta Liziane. "Porém a paciente ama comida japonesa e manifestava vontade pela mesma. Após discussão do caso e avaliação médica foi autorizado a oferta assistida e adaptada pela fono com segurança e prazer". 

 

Saiba mais sobre o trabalho da Comissão de Cuidados Paliativos do Monte Sinai, clicando AQUI

Como Chegar Marker

Urgência, emergência,
atendimento ambulatorial e visitas a unidades fechadas (utis)

Rua Vicente Beghelli, 315

pacientes internados, visitantes e acompanhantes

Avenida Presidente Itamar Franco
(antiga Av. Independência), 4000

fornecedores e entregas

Rua Antônio Marinho Saraiva, s/n

Heliponto

Latitude: 21º 46' 862" Sul
Longitude: 043º 21' 887" Oeste

Copyright © 2004 Hospital Monte Sinai. Todos os direitos reservados. Endereço: Av. Presidente Itamar Franco 4000, Cascatinha - Juiz de Fora/ MG CEP: 36033-318 / Telefone: (32) 2104-4455 / (32) 2104-4000

Quality Safaty - Hospital Monte Sinai
Desenvolvido por: Logohandcom2