Pioneirismo na região

O Monte Sinai inaugurou, recentemente, um novo Centro de Transplante de Medula Óssea (TMO). Ele ganhou mais espaço, novos leitos e conta com o fundamental suporte de uma Agência Transfusional, também renovada, com área maior, novos equipamentos e totalmente informatizada. Além do Laboratório de Criopreservação e Terapia Celular que vai atender ao Centro e às mais diversas especialidades no Hospital.

O programa de TMO reafirmou o pioneirismo e a vocação do Hospital para a alta complexidade, em 2013. Na ocasião, o Monte Sinai foi o primeiro hospital privado do interior de Minas Gerais autorizado pelo Ministério da Saúde para a realização de transplante autólogo de medula óssea – procedimento em que o paciente é o seu próprio doador, não há cirurgia nem punção por agulha. O transplante é realizado através do tratamento do sangue do próprio paciente.

A maior parte dos transplantes realizados até agora foram para tratamento de linfomas e mieloma, mas o TMO autólogo é recomendado, por estudos nos Estados Unidos e Europa, como a primeira indicação para doenças como Mieloma Múltiplo e primeira indicação nas recidivas de Linfomas não Hodgkin e da Doença de Hodgkin. Além de outras neoplasias como leucemias agudas, tumores de células germinativas, neuroblastoma e, mais recentemente, para o tratamento de diversas doenças autoimunes, principalmente a Esclerose Múltipla. Clinicamente denominado "quimioterapia em altas doses, seguido de resgate hematológico com células progenitoras do sangue periférico", utiliza o suporte de células-tronco retiradas da medula do próprio paciente, com resultados até 70% superiores e com excelente resultado para a sobrevida e qualidade de vida dos pacientes.

NOVA ESTRUTURA

Neste primeiro semestre de 2017, o serviço já contabiliza mais de 50 pacientes beneficiados em Juiz de Fora, na região e até em outros estados. Destes, sete procedimentos foram realizados em crianças e o Monte Sinai, agora, é a referência em transplantes pediátricos para o setor privado em Minas Gerais.

Desde sua implantação, o Centro conta com estrutura própria e equipada para atender aos pacientes de transplantes . Com isolamento de fluxo e quartos com filtro HEPA (sigla em inglês para uma tecnologia empregada em filtro de ar com alta eficiência na separação de partículas, visando garantir a pureza do ar). Todos os serviços para esses pacientes são diferenciados e o setor é isolado das outras áreas do hospital. O posto de Enfermagem é exclusivo e interligado aos apartamentos, para garantir segurança, privacidade e conforto aos pacientes. Os protocolos de assistência são específicos para o setor. A nova estrutura, inaugurada em maio, conta com três leitos, atendendo a todos os requisitos do Ministério da Saúde para o TMO, e são reversíveis para tratamento semi-intensivo, visando evitar o deslocamento do paciente para a UTI, em caso de intercorrências.

O time da TMO conta com o apoio de uma grande equipe multidisciplinar - enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas, nutricionistas, bióloga, além de médicos especializados (hematologistas, pediatras), e do suporte de todas as especialidades disponíveis no Hospital  e da estrutura de alta complexidade do Monte Sinai

SUPORTE

 A Agência Transfusional, que é a unidade responsável pelo processamento do sangue,  também ganhou um novo espaço, agora, estrategicamente localizada, mais próxima da UTI e do Centro cirúrgico.  E outros setores também foram incorporados ao programa, caso dos Laboratórios de criopreservação e de processamento de células-tronco.

Além dos transplantes de medula óssea, a assistência em Hematologia e Hemoterapia do Monte Sinai, disponibiliza um dos poucos serviços de Plasmaferese Terapêutica do Estado, o único nas regiões da Zona da Mata, Vertentes e Sul de Minas. Trata-se de uma técnica que separa as partículas do sangue para remover do plasma os elementos responsáveis pela doença do paciente. Os pacientes que se beneficiam deste tratamento, em geral são portadores de doenças raras.

Com esta estrutura, o Hospital Monte Sinai vem se preparando para implantar também o programa de Terapia Celular – que é um tipo de tratamento baseado na regeneração das células. Um exemplo de sucesso neste tipo de tratamento é a isquemia crítica de membros inferiores e também nas necroses ósseas. O programa poderá agregar todas as especialidades do hospital, que vão se beneficiar de protocolos clínicos, previamente aprovados pelos comitês de ética.

Tire suas dúvidas sobre Transplante de Medula Óssea, do tipo autólogo, no Manual do Paciente de TMO, do Hospital Monte Sinai. 

Manual do Paciente

Como Chegar Marker

Urgência, emergência,
atendimento ambulatorial e visitas a unidades fechadas (utis)

Rua Vicente Beghelli, 315

pacientes internados, visitantes e acompanhantes

Avenida Presidente Itamar Franco
(antiga Av. Independência), 4000

fornecedores e entregas

Rua Antônio Marinho Saraiva, s/n

Heliponto

Latitude: 21º 46' 862" Sul
Longitude: 043º 21' 887" Oeste

Copyright © 2004 Hospital Monte Sinai. Todos os direitos reservados. Endereço: Av. Presidente Itamar Franco 4000, Cascatinha - Juiz de Fora/ MG CEP: 36033-318 / Telefone: (32) 2104-4455 / (32) 2104-4000

Quality Safaty - Hospital Monte Sinai
Desenvolvido por: Logohandcom2