Classificação de prematuridade

Post   novembro site

O bebê é considerado prematuro quando nasce antes de 37 semanas de gestação. Graças ao avanço tecnológico e desta área da Medicina, muitos bebês que, antes, teriam poucas chances de sobreviver, podem crescer sem sequelas. Porém, mesmo com um desenvolvimento dentro do esperado, as crianças prematuras necessitam de um olhar muito atento. Estes bebês são classificados conforme idade e peso gestacional. “Prematuros extremos” são os que nascem antes das 28 semanas e correm mais risco de vida e em geral, seu estado de saúde é muito frágil. Há também a faixa de prematuros considerados “intermediários” que nascem entre 28 e 34 semanas, que constituem a maior parte dos prematuros. E os chamados “prematuros tardios” que nascem entre 34 até 37 semanas.

 

A dificuldade de cuidado do prematuro está, não só na fragilidade dos seus órgãos, mas principalmente do cérebro. O baixo peso, considerado abaixo de 1500g também é um fator preocupante, pois é um grande desafio conseguir fazer uma recuperação nutricional ao longo das primeiras semanas de vida desse bebê. Este é um grande desafio. Em função da imaturidade do trato gastrointestinal dos prematurinhos e da falta de reflexos de sucção e deglutição, eles podem precisar receber suas primeiras calorias por via intravenosa. A orientação à mãe, sua participação em todas as etapas de cuidado nesta fase são essenciais. Pois o leite materno é ainda mais importante para o prematuro. Mesmo não podendo amamentar diretamente, as mães são orientadas a fazer a ordenha. O processamento de leite humano fica orientado ou sob cuidados do Banco de Leite, no caso de Juiz de Fora, ele é municipal, atendendo a todas as maternidades e UTIs Neonatal.

Hospital Monte Sinai

Copyright © 2004 Hospital Monte Sinai. Todos os direitos reservados. Endereço: Av. Presidente Itamar Franco 4000, Cascatinha - Juiz de Fora/ MG CEP: 36033-318 / Telefone: (32) 2104-4455 / (32) 2104-4000