Eu me cuido para cuidar

Até a pandemia, poucos percebiam o quanto as profissões na Saúde são desgastantes. Qualquer stress extra, combinado à falta de tempo para atividade física e alimentação inadequada é um problema a mais. Aqui, começamos a mostrar histórias de quem se cuida, para cuidar do outro, com saúde, com disposição e exemplos. Nossos personagens da vida real, da equipe Monte Sinai, vão mostrar como se mantêm em forma e superam os desafios de tempo, espaço e força de vontade. Quem inicia nossa série é a enfermeira Cristina Amaral, supervisora do Centro Cirúrgico, CME e Endoscopia do Hospital. Acompanhe:

“Eu pratico atividade física há muitos anos. Fazia musculação. E só comecei a ter um bom resultado, quando me dediquei e atrelei a atividade a uma alimentação regrada. A alimentação é mais de 50% desta fórmula, pois só com ela bem orientada consegui mudar meu corpo, tendo mais volume, ou um ’shape’ (forma) mais seco. Mas com a pandemia, as academias fecharam e eu entrei em desespero. Pensei: como vou fazer para manter o que construí? No entanto, ainda em março, descobri através de um grande amigo (que eu reencontrei e que, agora, virou namorado, rsrsrs) que a bike era uma alternativa muito prazerosa e com ótimos resultados.

O tempo todo fui muito incentivada por um grupo de amigos, mas eu queria fazer daquela atividade um esporte, não só um passeio ou ser só mais uma ciclista na pista. Para mim, a bike é um desafio de superação. Assim, adquiri uma boa bicicleta, com orientação, e começaram os passeios em estradas de chão em Juiz de Fora. Foi um prazer gigantesco descobrir lugares lindos dentro da cidade, que a gente não sabe que existem.

Optei pela ‘mountain bike’, com muita disciplina: não furo os ‘pedais’ (encontros de ‘bikers’). Se está marcado, eu vou. Me disciplinei. Pois, mesmo com o meu tempo muito contado - tenho uma vida muito corrida, trabalho em dois hospitais -, a pandemia ainda trouxe pra mim um nível de stress muito aumentado. Meu volume de trabalho foi o mesmo e não tive oportunidade de “home office”, pois na Enfermagem isso não acontece, em especial nas minhas funções.

Passei a conhecer a biclicleta, as ferramentas e os recursos. Eu não uso todos os artifícios para facilitar o meu pedal, não. E eu gosto de ir no meu máximo, não costumo facilitar uma subida, por exemplo, eu uso o recurso do meio, para que o pedal seja desafiante. Meu objetivo é ter resultado em cima do exercício aeróbico, forçar a perna, forçar a musculatura e melhorar meu condicionamento.

Eu cheguei a pegar uns pesos na academia para malhar em casa, mas sem personal não é a mesma coisa. Nestes últimos meses, perdi quase 10 quilos, porque perdi massa magra, pois mantive a alimentação equilibrada e a bike entrou com o exercício aeróbico que eu não fazia antes, mas que agora virou prioridade. E estou decidida a não largar. Quero investir numa bike melhor. Pedalo sem grupos, pois aprendi a fazer alguns percursos sozinha. Continuo indo nos ‘pedais’, mas também acho que o desafio de tentar sozinha é maior ainda e com resultados melhores.

Já voltei para a academia, mas mudei ‘shape’, dieta e ritmo, todos focados nos resultados que descobri com a introdução da bike como exercício. Sou hipertensa, tomo medicação para controle, mas meus índices laboratoriais são todos ótimos, faço tudo com consultoria. Para mim, atividade física é para a vida toda, não abro mão dela.”

Cristina está montando um grupo de pedal no Hospital. Adesões não faltam, só falta conciliar as agendas para começar.

    

Como Chegar Marker

Urgência, emergência,
atendimento ambulatorial e visitas a unidades fechadas (utis)

Rua Vicente Beghelli, 315

pacientes internados, visitantes e acompanhantes

Avenida Presidente Itamar Franco
(antiga Av. Independência), 4000

fornecedores e entregas

Rua Antônio Marinho Saraiva, s/n

Heliponto

Latitude: 21º 46' 862" Sul
Longitude: 043º 21' 887" Oeste

Copyright © 2004 Hospital Monte Sinai. Todos os direitos reservados. Endereço: Av. Presidente Itamar Franco 4000, Cascatinha - Juiz de Fora/ MG CEP: 36033-318 / Telefone: (32) 2104-4455 / (32) 3239-4455

Quality Safaty - Hospital Monte Sinai
Desenvolvido por: Logohandcom2