Sabe o resultado da sua creatinina?

Você sabe a medida da sua creatinina no último exame de sangue? Viu se seu médico solicitou e porquê? Este é um dos resultados mais importantes na prevenção da Doença Renal Crônica (DRC) e é o tema da campanha 2020, promovida no Brasil pela Sociedade Brasileira de Nefrologia pelo Dia Mundial do Rim.

A data, comemorada na segunda quinta-feira de março, este ano, 12 de março, foi Idealizada pela Sociedade Internacional de Nefrologia (ISN) com o objetivo reduzir o impacto da doença renal em todo o mundo. Em 2020, o foco é alertar sobre a importância de acompanhar a dosagem de creatinina, como forma de avaliar a saúde dos rins. Níveis acima do limite de normalidade indicam doença renal.

A campanha incentiva a população a pedir ao médico que solicite a dosagem em exame de rotina, principalmente em algumas situações:

  • Se tem histórico de doença renal crônica na família

< >Se tem diabetes, hipertensão, doenças cardiovasculares, obesidade ou fuma;Se apresenta infecções urinárias e/ou cálculos renais de repetição;Se faz uso de medicamentos que podem comprometer a função dos rins;Se tem mais de 50 anosInchaço sem causa aparenteSangue na urinaSe a urina forma espuma após micçãoPerda de peso e/ou apetite, fraqueza, náuseasEm crianças, dificuldade de crescimentoEm grávidas, suspeita de pré-eclampsia

Sobre a Doença Renal Crônica

A doença renal crônica se caracteriza por lesão nos rins que se mantém por três meses ou mais, com diversas consequências, pois os rins têm muitas funções, dentre elas: regular a pressão arterial, filtrar o sangue, eliminar as toxinas do corpo, controlar a quantidade de sal e água do organismo, produzir hormônios que evitam a anemia e as doenças ósseas, entre outras. Em geral, nos estágios iniciais, a DRC é silenciosa, ou seja, não há sintomas ou são poucos e inespecíficos. Por isso, o diagnóstico pode ocorrer tardiamente, quando o funcionamento dos rins já está bastante comprometido, muitas vezes em estágio muito avançado, sendo necessário o tratamento de diálise ou transplante renal. Assim, são fundamentais a prevenção e o diagnóstico precoce da doença, com exames de baixo custo, como a creatinina no sangue e o exame de urina simples.

 

Como Chegar Marker

Urgência, emergência,
atendimento ambulatorial e visitas a unidades fechadas (utis)

Rua Vicente Beghelli, 315

pacientes internados, visitantes e acompanhantes

Avenida Presidente Itamar Franco
(antiga Av. Independência), 4000

fornecedores e entregas

Rua Antônio Marinho Saraiva, s/n

Heliponto

Latitude: 21º 46' 862" Sul
Longitude: 043º 21' 887" Oeste

Copyright © 2004 Hospital Monte Sinai. Todos os direitos reservados. Endereço: Av. Presidente Itamar Franco 4000, Cascatinha - Juiz de Fora/ MG CEP: 36033-318 / Telefone: (32) 2104-4455 / (32) 3239-4455

Quality Safaty - Hospital Monte Sinai
Desenvolvido por: Logohandcom2